Endometriose engorda?

A endometriose é uma doença que pode afetar todas as mulheres desde seu primeiro ciclo menstrual até o último, pois, durante estes períodos, acontece o aumento de espessura do endométrio, tecido que reveste a parte interior do útero, para que este possa receber um óvulo fecundado.

Em um ciclo menstrual normal, o endométrio se descama e é expelido pela menstruação. No entanto, nos casos de endometriose, este tecido se expande para a área externa do útero, atingindo outros órgãos, como o intestino, bexiga, ovários e trompas, podendo gerar, assim, as lesões endometriais.

Embora não se conheça as causas que levam ao desenvolvimento da endometriose, esta é uma doença que não pode ser considerada incomum, acometendo cerca de seis milhões de mulheres apenas no Brasil.

Entre os sintomas da endometriose, destaca-se a dor intensa na região abdominal, que pode se tornar, inclusive, uma dor crônica na região, caso não seja feito um tratamento ideal. Outros sintomas são alterações intestinais e urinárias durante os períodos menstruais e um sangramento desregulado neste mesmo período, durante o ciclo menstrual.

Outro sintoma que pode acompanhar a endometriose é a infertilidade, sendo apresentada por quase 80% das mulheres que sofrem com a doença. Em alguns casos, no entanto, ao invés de infertilidade, a endometriose pode ocasionar apenas uma grande dificuldade de engravidar, mas sem causar a esterilidade.

 

A endometriose engorda?

Sendo a endometriose e seus sintomas conhecidos, pode-se perceber que não há um ganho de peso ocasionado apenas pelo desenvolvimento da enfermidade, sendo suas principais características as dores e o sangramento desregulado.

endometriose-engorda

Porém, a endometriose está fortemente ligada ao ganho de peso, pois o tratamento realizado para este diagnóstico é feito com medicamentos hormonais que tem como objetivo reduzir os sangramentos e controlarem as dores sentidas pelas pacientes. Outros medicamentos utilizados neste tratamento são os analgésicos e anti-inflamatórios, também com o objetivo de diminuir e controlar as fortes dores causadas pela endometriose.

Estes medicamentos, especialmente os compostos à base de hormônios, tem como efeito colateral mais comum o ganho de peso por parte das mulheres que os consomem durante os tratamentos.

Outra alternativa de tratamento para a endometriose é a cirurgia, embora seja recomendada apenas em casos extremos, conhecidos como endometriose profunda, nos quais os medicamentos deixam de fazer efeito ou não surtem os efeitos desejados.

Neste tipo de cirurgia é feita a completa retirada do tecido endometrial, mas, não raramente, é necessária também a retirada de órgãos como os ovários e o útero, desgastados pelas lesões endometriais. No entanto, mesmo neste tipo de tratamento cirúrgico, pode ocorrer uma sensação de inchaço após a cirurgia e, também, um ganho de peso devido aos medicamentos utilizados para a recuperação durante o processo pós-cirúrgico.

Desta forma, sendo os medicamentos fundamentais para que seja controlada a endometriose, pode-se concluir que ela causa, sim, um aumento de peso, embora não ocasionado pela doença, mas por meio de seu tratamento e dos medicamentos utilizados.

No entanto, com uma alimentação adequada e a realização de exercícios físicos após o período de tratamento, todas as mulheres que sofreram com o problema podem facilmente recuperar seu peso ideal sem maiores problemas.


Quer saber mais? Entre em contato conosco e agende sua consulta.


 

Endometriose engorda?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *